Fundema e Polícia Militar Ambiental fecham canil no Rio Bonito, em Joinville

Em atendimento a uma denúncia acatada pelo Ministério Público, a Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema) e a Polícia Militar Ambiental fecharam um canil que funcionava no bairro Rio Bonito, Distrito de Pirabeiraba, em Joinville. Além de não possuir a documentação regular, o canil mantinha no local 39 cachorros e dois coelhos sem os cuidados básicos necessários.

Segundo a diretora executiva da Fundema, Raquel Migliorini, os animais não tinham acompanhamento veterinário e apresentavam sinais de falta de cuidados, como doenças de pele, ulcerações e tumores. Os animais recolhidos foram levados para o Centro de Bem Estar Animal, onde estão sendo tratados. Depois, serão castrados e encaminhados para a adoção com acompanhamento.

Reprodução/ND

O mesmo canil já havia sido fechado em fevereiro, após vídeo feito por voluntárias da Frada denunciar as péssimas condições no local

Este mesmo canil, de acordo com Raquel Migliorini, foi fechado em fevereiro deste ano por manter os animais em péssimas condições. O proprietário criava cães de diversas raças para vender em pet shops de Joinville e região.

A diretora da Fundema lembra que para a abertura de um canil, o proprietário precisa estar com a documentação para exercer a atividade e ainda cumprir outras exigência que constam em lei:  possuir alvará sanitário, alvará de funcionamento, veterinário responsável, apresentar carteira de vacinação para cada animal, microchipar os animais, registrar o canil no Centro de Bem Estar e solicitar a licença de operação.

Geral

Fundema e Policia Militar Ambiental fecham canil no Rio Bonito, em Joinville

O canil denunciado ao Ministério Público na semana passada por manter cerca de 130 cães de raça em péssimas condições – doentes, magros, anêmicos, com tumores, cegos e até fraturas – foi fechado na tarde de quarta-feira (5) por equipes da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema) e da Polícia Militar Ambiental.

O canil, localizado no bairro de Rio Bonito, Distrito de Pirabeiraba, em Joinville, criava cães de várias raças e eram comercializados em pet shops de Joinville e região. Na semana passada no local eram mantidos 134 cães, porém os técnicos do Centro de Bem-estar Animal, mantido pela Fundema, encontraram apenas 64, dos quais 27 foram levados para lares provisórios e 37 permaneceram no local.

O proprietário, por ato da Polícia Militar Ambiental, assinou termo de fiel depositário desses animais, assumindo total responsabilidade por sua integridade. Ele também ficará responsável pela castração e recuperação dos cães. A polícia investiga o paradeiro dos 70 cães que sumiram do canil.

Reprodução/RICTV Record

Vídeo da Frada, que mostra situação precária dos cães, foi exibido pela RICTV Record no sábado (1)

A diretoria executiva da Fundema, Maria Raquel Migliorini, que acompanhou a ação de fechamento do canil, disse que o local era irregular. “Eles não dispunham de nenhum tipo de licença ou alvará”, explicou. O proprietário foi autuado com a multa no valor de R$ 10.654,00 (50 UPMs) e responderá criminalmente por maus tratos aos animais.

A denúncia contra o canil de Rio Bonito foi feito por uma ONG de proteção animal ao Ministério Público, que apurou a procedência da informação e acionou a Fundema e Polícia Militar Ambiental. A diretora da Fundema, Maria Raquel Migliorini, informa que toda denúncia contra mau trato a animais pode também ser feita diretamente na entidade na entidade ou pela Ouvidoria na Prefeitura pelo telefone 156.

Geral