Gaeco combate esquema de tráfico de drogas e celulares em presídios no Norte de SC

Atualizado

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas) realiza durante está quinta-feira (7) a Operação Progresso que investiga a entrada de drogas e celulares no sistema prisional de Joinville, no Norte do Estado.

Drogas e celulares foram apreendidos com os suspeitos durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão – Foto: Maikon Costa/RICTV

Até o início da manhã desta quinta, pelo menos dez pessoas haviam sido presas em flagrante, entre elas um agente penitenciário, segundo o promotor Ricardo Paladino. Além das prisões, o Gaeco ainda cumpre mandados de busca e apreensão na casa de familiares dos detentos e no Presídio Regional de Joinville.

Durante as buscas, celulares e grande quantidade de drogas foram apreendidos com os suspeitos. Em apenas uma casa foi encontrado tabletes de maconha, pedras de crack e cocaína.

Além de Joinville, a operação ocorre em Canoinhas, Mafra e Araquari, no Norte do Estado, e Curitibanos, na Serra Catarinense.

O número exato de prisões e apreensões ainda não foram divulgados. Uma coletiva a respeito da operação está marcada para ocorrer às 17h, no 8º Batalhão da Polícia Militar de Joinville.

De acordo com o Deap (Departamento de Administração Prisional), a respeito da prisão do agente penitenciário, o órgão só irá se manifestar na coletiva.

Leia também:

Polícia