Golpistas se passam por policiais e pedem doações para ‘conter coronavírus’

Atualizado

Em meio à crise causada pela pandemia do novo coronavírus, golpistas se passam por agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e pedem doações para empresas. Por telefone, os criminosos também oferecem a venda de adesivos para livre acesso de caminhoneiros em rodoviais.

A PRF divulgou um vídeo, na tarde de quarta-feira (1), para explicar que o órgão não pede dinheiro para ninguém e sequer vende algum tipo de serviço.

Leia também:

“A Polícia Rodoviária Federal não vende nenhum tipo de serviço, não pede doação e não recebe dinheiro. Isso é golpe, isso é fake!” alertou Luiz Graziano, diretor do núcleo de comunicação da PRF.

O órgão também esclarece que recebe doações de voluntários apenas nos postos, que são entregues diretamente para os caminhoneiros.

Confira o vídeo:

Mais conteúdo sobre

Polícia