Guindaste é usado para retirar contêineres irregulares de terreno em Florianópolis

De acordo com a Prefeitura, estruturas estavam em local de obra sem autorização para ser feita, na Trindade

Nesta sexta-feira (16), uma ação integrada da Prefeitura de Florianópolis removeu cinco contêineres instalados de maneira irregular em um terreno na Rua Procópio Manoel Pires, na Trindade, em Florianópolis. A atuação foi feita pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Planejamento e Desenvolvimento Urbano (SMDU) e a Floram (Fundação Municipal do Meio Ambiente), com o apoio da Guarda Municipal de Florianópolis, Celesc e Polícia Militar de Santa Catarina. Um guindaste foi utilizado para a ação.

Um guindaste foi utilizado para retirar as estruturas irregulares – Nicolas Quadro/Divulgação/PMFUm guindaste foi utilizado para retirar as estruturas irregulares – Nicolas Quadro/Divulgação/PMF

Os contêineres faziam parte de uma obra irregular sem a licença própria para construção e já estavam com a parte elétrica, banheiros e janelas instaladas. Além disso, a obra não respeitava a área de recuo e afastamento obrigatório determinado. Duas árvores que ficam no terreno tiveram galhos cortados sem autorização ambiental. Após a remoção, os contêineres foram levados para um depósito do município, no Itacorubi.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano mantém um plantão de fiscalização de obras para denúncias de construções irregulares, material depositado sobre a via e invasão de áreas públicas, entre outras questões. O plantão funciona nas terças e quintas-feiras, das 13h às 19h, presencialmente, na Rua Felipe Schmidt, nº 1320 – 11° andar – ou por telefone, através do número (48) 3251-4901.

05 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
  • Hamilton
    Hamilton
    2 pesos, 2 medidas......nos Ingleses foi levantado uma pousada em containers, na SC 403 a beira do Rio Capivari, dentro de área de preservação ambiental....durante a construção os órgãos responsaveis ( Floram, Fátima, prefeitura) receberam dezenas de denúncias e nada fizeram.....quem ganhou com isso?????
  • Ramon
    Ramon
    parabéns as autoridades. tem malandro fazendo "pousada" nessas latas de sardinha, tudo sem autorizao e alvará de construção, enchendo o saco dos moradores. container precisa alvará sanitário e etc, nao caiam nessa, é um lixo total desconfortável. coisa de malandro, pura ilusão para perturbar moradores. container = lixo
  • Maria Vicencia
    Maria Vicencia
    Na rua Menino Deus, centro de Florianópolis, o patrimônio histórico, também está cheio de contaneirs, nesta rua pode ???

+ Notícias