Helicóptero de Boechat tentou pouso de emergência, mas foi atingido por caminhão

Segundo a PM de São Paulo, o motorista relatou que não houve tempo hábil de parar o caminhão antes de chocar com a aeronave na Rodoanel

Um capitão da Polícia Militar que se identificou como Paiva falou com a imprensa perto de 15h para divulgar informações preliminares sobre o acidente de helicóptero que terminou com a morte do jornalista Ricardo Boechat. Segundo o capitão, o helicóptero teria pousado em um acesso da Rodoanel para a rodovia Anhanguera. Um caminhão que havia passado pela praça de pedágio na faixa “sem parar” atingiu o helicóptero. 

Jornalista Ricardo Boechat - Arquivo Pessoal/Facebook
Jornalista Ricardo Boechat – Arquivo Pessoal/Facebook

Segundo o PM de São Paulo, o motorista do caminhão que sofreu ferimentos leves relatou na delegacia que não houve tempo hábil de parar o veículo e acabou batendo na aeronave. O incêndio, portanto, teria decorrido da colisão. A aeronave seria um táxi aéreo de propriedade do piloto que também morreu no acidente.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da Rádio BandNews FM, além de ser colunista da revista IstoÉ. Ele ganhou três prêmios Esso. 

*Com informações do Estadão Conteúdo 

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Notícias

Loading...