Homem acusado de matar ex-companheira em SC foi visto por pessoas em SP

Um homem acusado de cometer feminicídio contra a ex-companheira foi identificado por policiais da Delegacia de Polícia de Fronteira de Dionísio Cerqueira, no Extremo Oeste.

Conforme informado nessa terça-feira (18), o acusado foi indiciado com mandado de prisão temporária emitido pelo Poder Judiciário. O assassinato ocorreu em março deste ano e o homem segue foragido.

Acusado abandonou carro no Paraná e seguiu de carona até a Capital de São Paulo, onde segue foragido – Google Street View/Reprodução/ND

Durante o processo de investigação, os policiais apuraram que, após assassinar a vítima em Dionísio Cerqueira, o homem fugiu em direção a São Paulo.

O acusado abandonou seu carro em um posto de gasolina no município de Marmeleiro, no Paraná, e seguiu o trajeto de carona em direção à capital paulista.

Leia também:

Com apoio da Delegacia Antissequestro de São Paulo, os policiais recuperaram o aparelho celular do investigado. Testemunhas confirmaram a versão de que o homem passou por municípios de São Paulo enquanto fugia da polícia catarinense.

Além do aparelho celular, foram colhidas provas de que o foragido foi o autor do feminicídio.

O homem foi visto pela última vez nas proximidades da sede da Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), na capital paulista. As investigações continuam para encontrar o foragido.

Polícia