Homem é condenado a 19 anos de prisão por tentar matar mulher após término, no Sul de SC

Atualizado

Um homem foi condenado nessa última quarta-feira (26) a pena de 19 anos, seis meses e 20 dias de reclusão pela tentativa de homicídio contra a ex-companheira. O crime aconteceu em abril de 2012, em Tubarão, Sul de Santa Catarina, meses após o casal, que estava junto há quase oito anos, se separar.

– Pixabay/Reprodução/ND

Leia também

A condenação ocorreu em sessão do Tribunal do Júri da comarca de Tubarão e foi presidida pelo juiz substituto, Lucas Antônio Mafra Fornerolli.

Na ocasião, o réu teria procurado a vítima para conversar sobre o fim do relacionamento. Foi quando a discussão se tornou agressão e o homem a atingiu com um soco no rosto  que quebrou um dente natural. Em seguida, teria tentado asfixiá-la com as mãos e depois com um cadeado para bicicleta. A mulher foi encontrada inconsciente em casa.

Segundo o laudo pericial, como consequência, a mulher sofreu debilidade permanente da função cerebral e do membro superior direito.

O homem foi condenado pela tentativa de homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e uso de asfixia. O conselho de sentença reconheceu ainda, como agravante, a violência doméstica contra a mulher. Além disso, o réu também perdeu do cargo público que ocupava na administração municipal de Tubarão.

Justiça