Homem é indiciado por furtar lingeries de vizinhas em Pinhalzinho, no Oeste de SC

Atualizado

Um homem de 39 anos foi indiciado por furtar roupas íntimas de vizinhas, no município de Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina. O inquérito policial que investigou o caso foi divulgado na última sexta-feira (17).

Homem já cometeu o mesmo crime em 2017, segundo a polícia – Foto: Imagem ilustrativa/Reprodução/ND

Segundo a Polícia Civil, o homem mora nas redondezas e teria aproveitado o momento que a vizinha não estava em casa para furtar as peças íntimas que estavam no varal do imóvel.

A ocorrência de furto foi registrada no início de agosto do ano passado, no bairro Pioneiro.

A polícia informou que às peças íntimas foram encontradas na casa do homem, porém, o suspeito não quis declarar o que levou furtar as lingeries.

O homem foi indiciado por furto qualificado e o inquérito foi encaminhado ao Poder Judiciário.

Leia também:

Outra vez

Esta não foi a primeira vez que o homem fez isso. Em 2017, conforme a polícia, o cidadão foi preso em flagrante pela Polícia Militar logo depois que furtou várias peças semelhantes da mesma família.

No episódio, o homem disse aos policiais militares que havia furtado as lingeries porque achava a mulher ‘muito gostosa’.

Às três vítimas, que são mãe e filhas, disseram ao delegado que investigou os casos que o homem nunca chegou a fazer mal a elas. Apesar disso, a Polícia Civil pediu ao Poder Judiciário, medidas cautelares que mantenham o vizinho longe das mulheres.

Polícia