Homem é preso dirigindo caminhonete clonada na BR-101, em Itajaí

Atualizado

Agentes da Policia Rodoviária Federal prenderam na noite desta terça-feira (5), na BR-101, em Itajaí, um homem que dirigia uma caminhonete com registro de furto e roubo, além de circular clonada.

Os policiais faziam uma fiscalização de rotina e desconfiaram que o Certificado de Licenciamento do Veículo teria indícios de falsificação. O documento, que continha informações falsas, pertencia a um lote que foi furtado do Detran em 2017. Através da vistoria do veículo, mais tarde, agentes identificaram a remarcação da numeração dos vidros e chassis.

A Saveiro tinha registros de furto/roubo há quatro anos em Joinville, mas circulava clonada com placas e identificadores de outro veículo, registrado em Blumenau, que possuía as mesmas características.

O motorista, de 33 anos, foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Itajaí e vai responder por crimes de receptação, e adulteração de identificação de veículo automotor.

Mais conteúdo sobre

Jornalismo

Homem é preso dirigindo caminhonete clonada na BR-101, em Itajaí

Policiais recuperam caminhonete clonada nesta terça-feira - PRF/Divulgação/ND
Caminhonete foi recuperada pela Polícia Rodoviária Federal – PRF/Divulgação/ND

Agentes da Policia Rodoviária Federal prenderam na noite desta terça-feira (5), na BR-101, em Itajaí, um homem que dirigia uma caminhonete com registro de furto e roubo, além de circular clonada.

Os policiais faziam uma fiscalização de rotina e desconfiaram que o Certificado de Licenciamento do Veículo teria indícios de falsificação. O documento, que continha informações falsas, pertencia a um lote que foi furtado do Detran em 2017. Através da vistoria do veículo, mais tarde, agentes identificaram a remarcação da numeração dos vidros e chassis.

A Saveiro tinha registros de furto/roubo há quatro anos em Joinville, mas circulava clonada com placas e identificadores de outro veículo, registrado em Blumenau, que possuía as mesmas características.

O motorista, de 33 anos, foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Itajaí e vai responder por crimes de receptação, e adulteração de identificação de veículo automotor.

Polícia