Homem é preso por manter aves silvestres em cativeiro, em Joinville

Um homem foi detido pela DIC (Divisão de Investigação Criminal) por manter em cativeiro sete aves da fauna silvestre, em Joinville. O acusado não possuía as devidas licenças exigidas pelos órgãos ambientais e será indiciado por crime ambiental e receptação qualificada, pois revendia os animais.

Gaiolas e armadilhas usadas para mantes as aves em cativeiro  – Polícia Civil/Reprodução/ND

Além das aves, também foram apreendidas 14 gaiolas e duas armadilhas utilizadas na captura dos animais. Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi indiciado por crime elencado no artigo 29, inciso III, da Lei de Crimes Ambientais.

Leia também:

O homem também promovia a exposição dos animais à venda e será indiciado pela prática do crime de receptação qualificada, cuja pena varia de três a oito anos de reclusão.

Polícia