VÍDEO: Homem é socorrido após ser arrastado pela correnteza em São Francisco do Sul

Caso ocorreu na manhã desta sexta-feira (13), na Prainha; resgate contou com o apoio da 2º Cia de Aviação da Polícia Militar

Um homem de 31 anos foi socorrido na manhã desta sexta-feira (13) após ser arrastado pela correnteza do mar em São Francisco do Sul, no Litoral Norte do Estado. O caso ocorreu por volta das 8h, na Praia da Saudade, mais conhecida como Prainha.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, após o mergulho, a vítima foi arrastada pela correnteza por conta do mar agitado. Com o apoio do helicóptero Águia da Polícia Militar e de duas motos aquáticas, os bombeiros fizeram o resgate do banhista.

Após o atendimento, o homem foi encaminhado pela equipe do SAMU à UPA de São Francisco do Sul. Segundo os bombeiros, o afogamento foi registrado como de grau 1, ou seja, sem grandes complicações.

Dicas para prevenir afogamentos

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina divulgou uma lista com os principais cuidados que os banhistas devem ter nessa época do ano para evitar possíveis afogamentos. Confira:

  • Não superestime sua capacidade de nadar. Avalie as consequências de um possível incidente
  • Em água doce ou salgada, prefira banhar-se em locais rasos e sem correnteza;
  • Se notar que está sendo arrastado por uma dessas correntes, mantenha-se calmo e tente acenar ou gritar por socorro enquanto nada transversalmente (para o lado, em vez de para o raso);
  • Não tente salvar pessoas vítimas de afogamento sem estar habilitado. Neste caso, lance algum objeto que a ajude a vítima a flutuar e acione guarda-vidas ou a emergência pelo telefone 193;
  • Crianças exigem cuidado redobrado. Não as perca de vista;
  • Sempre que possível, opte pelo uso do colete salva-vidas ao invés de objetos flutuantes;
  • Nunca nade após ingerir bebidas alcoólicas, alimentos ou se estiver passando mal ou com frio;
  • Evite aproximar-se de costões. Ao caminhar sobre as pedras destes ambientes, observe antes se uma onda não poderá atingi-lo e jogá-lo no mar;
  • Antes de mergulhar, certifique-se da profundidade. Um acidente pode provocar sequelas irreversíveis.

Leia também:

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Notícias