Homem que ameaçou de morte ex-companheira é preso em Araranguá

Atualizado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de Araranguá, Sul do Estado, prendeu, preventivamente, um homem de 31 anos, investigado por violência doméstica. Ele foi detido na tarde desta segunda-feira (23) e encaminhado à Central de Polícia, onde aguarda vaga no Presídio.

Segundo o delegado Paulo Caixeta, titular da DPCAMI, o homem não se conformava com o fim do relacionamento (união estável), que ocorreu ano passado, e fazia ameças constantes a ex-companheira. As ameaças, inclusive de morte, eram feitas, em sua maioria, por mensagens.

Além disso, o homem não respeitava as medidas protetivas já impostas contra ele. Ele se aproximava da ex-companheira e também de familiares dela.

A primeira denúncia contra ele ocorreu em janeiro deste ano. Foi feito um Boletim de Ocorrência e determinada uma medida protetiva de urgência. Porém, o suspeito descumpriu as medidas cautelares diversas vezes e fez novas ameaças à ex-companheira, acrescenta o delegado.

Ele preso por violência doméstica e por ter desrespeitado as medidas de proteção.

Leia também:

Quarentena: violência doméstica pode ser registrada pelo WhatsApp em Santa Catarina

Notícias