Homem que se passava por juiz para obter vantagens na comunidade é preso em Anitápolis

A Polícia Civil prendeu na tarde de terça-feira (4), em Anitápolis, um homem que alegava ser juiz aposentado para conseguir vantagens pessoais na comunidade e ainda intimidava pessoas com uma arma de fogo. O suspeito foi preso em flagrante pela prática dos crimes de posse irregular de arma de fogo, falsa identidade e desobediência.

Leia também:

Um mandado de busca e apreensão foi expedido pela Justiça. Durante o cumprimento por parte da polícia, o homem novamente se apresentou como magistrado e disse que ninguém poderia ingressar em sua residência. Ele chegou a arremessar a arma pela janela.

Os policiais localizaram a arma e prenderão o suspeito pela falsa identidade e por desobediência em decorrência da resistência durante a abordagem.

Polícia