Homem que se passava por pediatra e cometia furtos é preso em Florianópolis

Atualizado

A Polícia Civil cumpriu na tarde desta quarta-feira (3) um mandado de prisão preventiva contra um homem de 34 anos por furto. O detido foi preso enquanto circulava na avenida Beira-Mar Norte, em Florianópolis.

Ele se apresentava nas redes sociais como médico pediatra da Maternidade Carmela Dutra, marcava encontros e aproveitava do descuido da vítima para a prática do crime. Os encontros costumavam ser marcados na casa das vítimas.

Mandado de prisão foi efetuado nesta quarta-feira (3) – Foto: Polícia Civil/Divulgação/ND

Conforme o delegado John Vieira, o detido possuía vários endereços e cometeu os crimes em Florianópolis e municípios próximos.

O homem já foi indiciado em 16 inquéritos policiais em Santa Catarina pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, apropriação indébita, furto, roubo e estupro. O detido, que é natural de Florianópolis, cometia os crimes desde 2016. Apesar das várias passagens criminais, a polícia não quis revelar o nome do acusado.

Leia também:

Ele foi encaminhado à penitenciária da Capital. A prisão foi uma ação integrada entre a CORE (Coordenadoria de Operações Policiais Especiais) e a DIPC (Diretoria de Inteligência) da Polícia Civil.

Mais conteúdo sobre

Polícia