Homens são condenados a mais de 18 anos de prisão em Joinville

Atualizado

Dois homens foram condenados a 18 anos e 8 meses de prisão na tarde desta quinta-feira (5), em Joinville, no Norte do Estado. Jonatan de Souza Moreira Raulino e Pablo Correia Rodrigues foram condenados pelos crimes de homicídio qualificado e tentativa de homicídio. Os crimes aconteceram em junho de 2018, no bairro Comasa, zona Leste da cidade.

Júri durou cerca de oito horas até a leitura da sentença – Foto: Thiago Dias/Divulgação

Segundo a denúncia do Ministério Público, a ex-namorada de um dos acusados foi morta porque “sabia demais”. Além disso, ele não aceitava o fim do relacionamento. Luana Telles Modesto, à época com 18 anos, foi surpreendida enquanto estava na rua e atingida por diversos tiros.

Ela chegou a ser socorrida e colocada dentro de um carro dirigido por um motorista de aplicativo. Os disparos continuaram em direção ao veículo e atingiram o motorista, ferido na perna. Apesar de ser socorrida, a jovem sofreu hemorragia interna causada pelos disparos e morreu no hospital.

O julgamento durou cerca de oito horas e os dois foram reencaminhados ao sistema penitenciário. Tanto Jonatan quanto Pablo já estavam detidos no presídio por condenações em outros processos.

O advogado de defesa, Adir Martins, afirmou que ainda irá analisar a sentença condenatória. Caso exista alguma possibilidade de mudança, a defesa poderá entrar com recurso.

Leia também:

Polícia