Hora do mandarim!

Quer viajar pra outro planeta? Melhor começar a aprender chinês

– O que é isso? Nova marca de macarrão?

Não, esfomeado leitor. Ainda que tenha tudo a ver, mandarim é o idioma falado na China.

– Tá, e o quéco?

Ora, prepare-se para quando a China for a principal nação do planeta, a maior economia, a guardiã do universo etc. etc. Como os Estados Unidos são hoje – estão aí os filmes de ficção científica pra corroborar.

– Capaz! Já é complicado falar inglês, imagine aquele idioma escrito em desenhos.

Então, comece a observar melhor os desenhos, os ideogramas que formam o alfabeto mandarim. No mínimo, você vai entender o que estará escrito no bilhete de embarque da espaçonave chinesa que te levará pra Alfa Centauro ou além. E não pense que é exagero. Veja algumas notícias recentes envolvendo a tecnologia espacial chinesa.

China levantou a última peça necessária para ajustar a posição do que será o maior radiotelescópio do mundo, para explorar o espaço e ajudar na busca por vida extraterrestre. O telescópio, com uma abertura esférica de 500 metros, tem potencial de buscar mais objetos desconhecidos, para compreender melhor a origem do universo e impulsionar a caçada global por vida extraterrestre.

A Academia Chinesa de Ciências anunciou que iniciará em 2021 um programa espacial conjunto com a Agência Espacial Europeia para o lançamento de uma rede de satélites que ajude a estudar a magnetosfera da Terra. Este projeto, chamado Smile, procura criar imagens obtidas através de escâneres com raios-X e ultravioleta para analisar os efeitos da luz do Sol no meio ambiente terrestre e as interações entre a magnetosfera e o vento solar.

A China colocará em órbita neste ano mais de 40 veículos espaciais em 20 missões. A maior parte destes veículos serão satélites de comunicação ou geoestacionários que orbitarão a uma altura de 57.900 quilômetros.

Pesquisadores chineses lançarão no final deste ano um satélite para a exploração da matéria escura no espaço. O satélite vai observar a direção, energia e carga elétrica de partículas no cosmos.

Tá vendo só? São apenas alguns exemplos do quanto os chineses avançaram neste século em tecnologia. É um belo exemplo a ser seguido, especialmente para quem se lembra do fechadíssimo e atrasado país que era a China no período áureo maoísta. Ainda que continue sendo considerado um Estado comunista, o gigante chinês é hoje o mais capitalista de todos os socialistas. Com uma economia quase totalmente aberta, a China atrai interesses de todo o planeta, desde plantas industriais até pé-de-obra para seus ricos clubes de futebol.

Portanto, se você é candidato a embarcar na próxima missão chinesa de exploração planetária, vá praticando o mandarim.

Ah, lá no começo eu disse que o macarrão tinha tudo a ver. Lição de História: os chineses inventaram o macarrão há séculos. Marco Polo levou-o para a Itália e aí as mamas e as nonas deram um jeito.

舉杯中國 (um brinde aos chineses)