Imóvel abandonado preocupa moradores do bairro Anita Garibaldi, em Joinville

Casa que fica ao lado do Hospital Municipal São José está tomada pelo mato, lixo e foi invadida por moradores de rua

Uma casa abandonada na rua Doutor Plácido Gomes, no bairro Anita Garibaldi, área central de Joinville, está tirando o sossego dos moradores da região. Um leitor, que não quis se identificar, enviou email relatando que no local além de mato e lixo, existe mau cheiro. O texto relata ainda, que o local foi ocupado por moradores de rua. Uma das principais preocupações dos residentes nos arredores do imóvel é a possível proliferação de focos do mosquito Aedes aegypty transmissor da dengue, zica vírus e chikungunya.

O imóvel, localizado ao lado do estacionamento pertence ao Hospital Municipal São José e já abrigou uma laboratório ligado à unidade de saúde. Por meio da assessoria de comunicação, o hospital informou que a casa era alugada e o contrato de aluguel foi encerrado há cerca de um ano. A reportagem do Notícias do Dia esteve no local e constatou que o imóvel está tomado pelo mato, também há uma grande quantidade de sujeira e foi identificada a presença de pessoas no interior da casa.

Carlos Junior/ND

Reportagem esteve no local e verificou a presença de moradores de rua no interior da casa

Questionada sobre as medidas a serem tomadas pela Vigilância Ambiental, responsável pelas ações de combate ao mosquito, a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde informou que não há nenhum registro de reclamação junto à Ouvidoria do Município em relação ao imóvel. E esclarece, também, que a reclamação junto ao órgão funciona como um meio legal. A partir da formalização desta reclamação é que é possível tomar as medidas cabíveis, incluindo a permissão para que os agentes fiscalizadores entrem no imóvel.

A Lei Complementar 451, de autoria do vereador Rodrigo Fachini (PMDB), que passou a valer em 1 de março, autoriza a Prefeitura a multar pessoas físicas e jurídicas que ignorarem medidas de prevenção à dengue. Além disto, com a regulamentação, os agentes passam a ter permissão para entrar em imóveis abandonados ou naqueles em que os proprietários não deixam as vistorias serem feitas. Mas, para que isso aconteça é necessário que exista a reclamação formal junto a Ouvidoria.

Qualquer pessoa pode encaminhar o registro, para isso basta ligar para o telefone 156, das 8 às 18h, de segunda a sexta-feira. A reclamação também pode ser feita através do site ouvidoria.joinville.sc.gov.br , neste caso é possível, também, anexar fotos.

Saiba Mais

Números do Aedes aegypty em Joinville

Doenças
Dengue: 10 casos da doença (todos contraídos fora da cidade)
Chikungunya: 3 casos da doença (todos contraídos fora da cidade)

Focos encontrados em 2016: 40
Bairros
Itaum: 9
Boa Vista: 6
Zona Industrial: 6
Floresta: 4
Rio Bonito: 3
João Costa: 2
Nova Brasília: 2
Pirabeiraba: 2
São Marcos:2
Anita Garibaldi: 1
Costa e Silva: 1
Glória: 1
Bucarein: 1

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...