Inep confisca celulares de aplicadores durante as provas do Enem

Os aplicadores de prova do Enem estão proibidos de entrarem em sala de aula com celulares. A decisão partiu do Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anisio Teixeira -, em razão do ocorrido no primeiro dia de provas. Uma foto com questões da primeira prova vazou na internet.

Neste domingo, as provas serão de ciências da natureza e matemática – Foto: Arquivo/EBC

Até então, os aplicadores deferiam apenas guardar os celulares em envelopes, no entanto, diante do episódio, o Inep agiu com mais rigidez. Neste segundo dia de provas, eles não poderão sequer ter os aparelho em sala. São 147,6 mil aplicadores de provas, além de 29,5 mil fiscais volantes, outros 147,6 mil chefes de sala e 5,5 mil aplicadores especializados.

Os candidatos retornam às provas neste domingo (10), no entanto, agora para responder questões de ciências da natureza e matemática. O Enem é o principal canal de ingresso em universidades. Os estudantes se candidatam a vagas em universidades públicas através do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), de acordo com a nota obtida.

Leia também

Mais conteúdo sobre

Educação