Investigado por fraude em licitações, ex-prefeito de Navegantes é solto

Atualizado

O ex-prefeito de Navegantes Roberto Carlos de Souza teve a prisão temporária revogada na sexta-feira (1º), após ser preso na Operação Cidade Limpa. Alvo de investigações do MPSC (Ministério Público de Santa Catarina), ele havia sido detido no início da manhã de sexta.

Valares das fraudes superam R$ 16 milhões apenas em Navegantes – Foto: Gaeco/Reprodução

A operação apura fraudes em licitações na Foz do Vale do Itajaí, principalmente em contratos de limpeza urbana. As investigações foram realizadas ao longo de 2019. Ao todo, dez mandados de prisão temporária e 20 de busca e apreensão foram cumpridos.

Além de Roberto Carlos de Souza, outros quatro presos pela operação foram liberados ainda na sexta-feira.

Leia também:

Os crimes investigados são os de organização criminosa, fraude em licitações, lavagem de dinheiro e corrupção ativa e passiva.

A reportagem tentou contatar os advogados de defesa, mas não conseguiu encontrá-los.

Polícia