Ipira, no Oeste, recebe R$ 4,8 milhões do governo federal para estabilizar encosta

Atualizado

O município de Ipira, no Oeste de Santa Catarina, vai receber R$ 4,8 milhões do governo federal para estabilizar uma encosta e reestabelecer uma via. O município foi selecionado para receber o recurso após ter sido atingido por chuvas intensas.

A verba faz parte parte do montante de R$ 20,3 milhões liberado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, do Ministério do Desenvolvimento Regional, para ações de recuperação e resposta e medidas de prevenção em áreas de risco de desastres naturais. Além de Ipira, em Santa Catarina, outros quatro municípios em Alagoas no Paraná foram contemplados. As decisões foram publicadas na edição desta quarta-feira (3) do Diário Oficial da União.

Ao menos R$ 11,3 milhões serão destinados à construção de contenções e sistemas de drenagem em sete bairros de Maceió, em Alagoas. Também serão realizadas demolições de imóveis para a execução das obras. As ações serão desenvolvidas nas localidades Chã da Jaqueira, Chã de Bebedouro, Morada dos Palmares, Grota do Aterro, Grota Bom Jesus e Grota São Rafael, além da Rua Gazeta de Alagoas. A capital alagoana registrou episódios de alagamentos.

Também no Pará, a cidade de Itupiranga, acometida por enxurradas, vai ter acesso a R$ 270 mil para a recuperação de três pontes e a construção de bueiros. Já Nova Ipixuna terá R$ 125,5 mil destinados à recuperação de quatro pontes e bueiros danificados por inundações.

Para receber auxílio emergencial da Sedec, estados e municípios precisam obter o reconhecimento federal de situação de emergência ou calamidade pública – deferido pelo Governo Federal após a análise do decreto estadual, que deve atender aos critérios exigidos pela Instrução Normativa nº 2/2016. Prefeituras e governos também devem apresentar o diagnóstico dos danos e um plano de trabalho para execução das ações.

Mais conteúdo sobre

Geral