Irmãos são encontrados mortos em piscina de casa abandonada em Itapema

Atualizado

A pesca da tainha na tarde de sábado (22), em Itapema, no litoral Norte, terminou em tragédia. Isso porque duas crianças que acompanhavam o pai na atividade artesanal se perderam e foram encontradas mortas na piscina de uma casa abandonada.

Lorenzo Amorim Pereira, 3 anos, e Laura Amorim Pereira, 1 ano e 9 meses – Arquivo Pessoal/Divulgação/ND

Os irmãos Lorenzo Amorim Pereira, 3 anos, e Laura Amorim Pereira, de 1 ano e 9 meses, foram encontrados cerca de uma hora após o pai, Leandro Marcondes Pereira, e os pescadores se articularem em busca deles.

O Corpo de Bombeiros, o Samu e o socorro aéreo foram acionados para atender a ocorrência. Houve uma intensa mobilização das equipes de resgate que durou 1h30 para salvar a vida das crianças, mas elas não resistiram.

Os corpos foram levados para o IML (Instituto Médico Legal), onde passaram por exame pericial para verificar a causa da morte. A principal suspeita é de afogamento, mas só o laudo poderá confirmar. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Equipes de resgate tentaram reanimar as crianças por 1h30 – Arcanjo/Divulgação/ND

Segundo informações apuradas no local pelas equipes, as crianças entraram no pátio da casa abandonada por uma abertura na cerca. O muro havia sido quebrado para a montagem de um quiosque na beira-mar. Após o verão, o quiosque foi desmanchado, mas não houve a recuperação do muro.

Uma amiga da família relatou que o clima no bairro é de consternação. Segundo ela, o velório ocorreu na casa dos avós. O sepultamento estava previsto para às 16h deste domingo, no cemitério do bairro Ilhota.

Nas redes sociais, amigos e familiares se solidarizam com a dor dos pais. Eles compartilham uma foto dos irmãos com a hashtag #bairroilhotadeluto.

Mais conteúdo sobre

Geral