Irmãos são presos em Ibicaré com mais de 100 aves abatidas

Segundo a Polícia, a multa pelo crime ambiental pode chegar a quase R$ 60 mil

Divulgação/Rádio Catarinense/ND Oeste

Caçadores são presos em Ibicaré

As aves estavam dentro de uma caixa e também em um saco

Dois irmãos foram presos durante uma Operação do Polícia Militar de Ibicaré, no centro da cidade. Com eles foram encontradas mais de 100 aves abatidas, além de materiais para caça. O fato foi registrado por volta das 21h30 de domingo (07).

Segundo a PM, ao avistar as guarnições que faziam uma operação de trânsito uma caminhonete, com placas de Tangará empreendeu fuga, mas foram abordados em seguida. No carro estavam dois irmãos de 46 e 51 anos, moradores de Tangará. Com eles a PM encontrou material de caça e acampamento, uma caixa de isopor com grande quantidade de aves abatidas e limpa e um saco com aves abatidas e depenadas.

No total haviam 118 aves, 65 da espécie “pombão”, 49 de espécies variadas e quatro da espécie “codorna amarela”. A Polícia acredita ainda que o as armas utilizadas para a caça estavam em outro veículo. Os dois foram presos em flagrante e conduzidos à Delegacia.

De acordo com a PM, os dois vão responder a um termo circunstanciado, que prevê em caso de pena, seis meses a um ano de prisão. Além disso, por lei, a multa é de R$500 por ave abatida, podendo neste caso o valor chegar a quase R$ 60 mil. O caso foi encaminhado à Polícia Militar Ambiental de Herval d’Oeste.

Com informações Rádio Catarinense

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Notícias