Jacaré aparece em lago usado por banhistas em área residencial de Florianópolis

Um jacaré apareceu em um lago artificial usado por banhistas no bairro Ratones, em Florianópolis, e tem sido motivo de preocupação entre a comunidade. Há cerca de um mês, o corretor de imóveis Sandro Augusto Buralde, que trabalha na área que faz parte de um loteamento residencial, ouviu boatos de que o animal viveria no lago. Ele, no entanto, o avistou pela primeira vez somente nesta segunda-feira (7).

Sandro Augusto Buralde/Divulgação/ND

Animal costuma passear pelo loteamento para tomar sol

Segundo Sandro, o jacaré teria sido colocado no lago quando ainda era filhote e o condomínio estava em fase de obras, mas não se sabe ao certo quem levou o animal até ali. O corretor detalhou que ainda não há moradores no empreendimento, mas que muitas crianças e adolescentes da vizinhança costumam tomar banho no lago, por isso a preocupação.

Logo após avistar o animal nesta manhã, Sandro afirmou que ligou para a Polícia Ambiental, que se recusou a fazer o resgate. Ele, então, disse que entrou em contato com o Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, mas que todos o direcionaram para a Polícia Ambiental.

“O bicho já está com 1,5 metro e tendo acesso à grama. A cada 40 minutos, mais ou menos, ele sai da água para tomar banho de sol. Agora ainda que as pessoas descobriram que tem jacaré no lago, todo mundo quer ver. O que vão esperar que aconteça?”, disse.

Ainda de acordo com Sandro, está sendo providenciada uma placa de “proibido nadar” para ser colocada no lago, mas ainda assim o corretor acredita que os jovens continuarão a frequentar o local. “É uma emergência. Como vou para casa sabendo que pode entrar uma criança aqui? E se alguém morre ou perde um braço, vão dizer que o corretor viu e não fez nada. Ainda não aconteceu nada, mas não queremos esperar que aconteça”.

A reportagem do Notícias do Dia entrou em contato com a Polícia Ambiental, que afirmou que houve troca de turno e que a ocorrência não foi repassada. Segundo o órgão, é comum o aparecimento de jacarés na região de Ratones. “Aquela região, como está próxima ao Carijós, é povoada por jacarés. O pessoal faz os açudes e, com as chuvas e elevação do nível da água, eles acabam migrando e acontece esse conflito com as pessoas”, disse o oficial do período da tarde.

A Polícia Ambiental ainda afirmou que até as 15h40, havia duas ocorrências em aberto, de uma cobra na creche do HU (Hospital Universitário) e um jacaré no bairro Pantanal. O oficial do período da tarde pediu o contato de Sandro e se comprometeu a acionar uma viatura para solucionar o problema.

Mais conteúdo sobre

Cidade