Conteúdo por Gazeta Esportiva

James volta a brilhar no Brasil: “País que sempre me tratou bem”

Em 2014, James Rodríguez marcou um gol antológico contra o Uruguai no Maracanã e terminou a Copa do Mundo do Brasil como artilheiro máximo. De volta para a Copa América, o camisa 10 da Colômbia provou mais uma vez que se dá bem nos gramados brasileiros.

Foi dele o passe magistral para o gol de Zapata na noite desta quarta-feira, que garantiu a vitória e a classificação dos colombianos às quartas de final do torneio continental. Ao fim do confronto pela segunda rodada do Grupo B, o meia foi eleito o melhor em campo pela Conmebol.

James foi o melhor jogador na partida contra o Catar (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

“O Brasil é um país que sempre me tratou bem, muito feliz por isso”, disse o jogador, no atendimento aos jornalistas na Zona Mista do Morumbi.

“Tivemos muitas chances, mas acredito que no final me dou por feliz, porque tivemos oportunidades para fazer gols e estivemos bem sempre”, analisou, antes de se colocar à disposição para enfrentar o Paraguai no domingo. “Eu quero jogar sempre e poder ajudar a Colômbia a ganhar coisas”.

Copa América