Jerônimo Coelho, no Centro de Florianópolis, será revitalizada nos mesmos moldes da Vidal Ramos

A obra deverá ser concluída até agosto

Débora Klempous/ND

A rua só terá nova pavimentação da Francisco Tolentino à Tenente Silveira

Após a revitalização da rua Vidal Ramos, no Centro de Florianópolis, a próxima via a ser revitalizada é a Jerônimo Coelho. O pré-projeto feito pela Secretaria de Obras que está em fase de licitação. Segundo o secretário de governo Gean Loureiro, até o dia 15 de abril a ordem de serviço deve ser liberada, a partir daí serão necessários 120 dias para a conclusão da obra.

O projeto da prefeitura, orçado em R$ 450 mil, prevê nova pavimentação do trecho entre a ruas Francisco Tolentino e Tenente Silveira com nivelamento da rua, instalação de bancos, lixeiras e nova iluminação. A via será pavimentada com Paver, o mesmo piso da Vidal Ramos e Beira-mar Norte. No meio da rua será feito uma paginação com desenhos e figuras que fazem alusão a Florianópolis e representam a cultura açoriana.

Este trecho da Jerônimo Coelho virou um calçadão em julho de 2003 para facilitar o trânsito de pedestres que vêm do Ticen (Terminal Integrado do Centro). Desde então nada foi mudado: mantém-se a pista de asfalto, hoje danificada, e calçadas nas laterais, porém com buracos, sem bancos e acessibilidade para cadeirantes. Atualmente, segundo dados do Ipuf (Instituo de Planejamento Urbano de Florianópolis), cerca de 100 mil pessoas circulam por dia na rua, metade do fluxo de pedestres que vem do Ticen.

As outras duas quadras, da rua Tenente Silveira até a avenida Osmar Cunha, onde há trânsito de veículos, serão mantidas como estão. Após a conclusão das obras, será discutida a revitalização do restante da via, mas sem impedir o fluxo de veículos no local.

Opinião dos lojistas

O comércio é bastante diversificado, há farmácias, comércio de roupas, eletrodomésticos, livrarias, laboratórios e farmácias. Segundo estimativa da CDL Florianópolis (Câmara de Dirigentes Lojistas) até agora há em média 50 lojistas que estão acompanhando e apoiando o processo de revitalização.

Um dos proprietários da Casa Paulista, loja próxima ao Mercado Público, conta que diariamente vê pessoas caindo e se machucando por causa dos buracos e desníveis da rua. Mesmo desconhecendo o projeto da prefeitura, afirma que os comerciantes aguardam com expectativa. “Vai ser ótimo, assim como melhorou a Conselheiro Mafra depois do novo calçamento. Reformamos a loja há pouco tempo, mas estamos dispostos a fazer ajustes se necessário”, afirmou Mohamed Najmeddine.

O gestor de negócios da CDL de Florianópolis, Hélio Leite, afirma que houve uma reunião no início de março, mas nem todos os lojistas participaram. A intenção agora é convocar novamente os comerciantes para definir detalhes de fachada e investimento dos empresários no local. “O processo é um pouco lento, alguns não acreditaram em um primeiro momento, apesar disso, os empresários que nos deram retorno ficaram muito entusiasmados. Assim que esta parte for concluída iremos discutir com os lojistas das quadras não contempladas com a revitalização uma forma de integrar toda a rua”, disse Leite.

Favorecimento aos pedestres

O aposentado Revair de Freitas, 68, é deficiente visual e passa na Jerônimo Coelho pelo menos três vezes por semana e conta que já caiu diversas vezes pela falta de sinalização. “Fico feliz em saber que isso vai mudar porque já me machuquei aqui. Sem piso reto ou sinalização no piso em relevo, fica mais difícil. É preciso dar continuidade na cidade toda”, opinou.

Gean Loureiro afirmou que não há nenhum outro projeto de revitalização confirmado para o Centro da Capital, mas acredita as ruas João Pinto e Tiradentes podem ser as próximas. Segundo ele são as vias mais desgastadas,  que têm mais urgência. “A Vidal Ramos foi um exemplo, depois da revitalização outros comerciantes de pelo menos 10 ruas do Centro vieram nos procurar. A tendência é que isso seja feito em mais pontos da cidade. Não podemos apenas recuperar trechos, mas vamos analisar e pensar na cidade como um todo”, expôs Gean.

Acesse e receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Notícias