Juízes federais de Joinville aderem à paralisação nacional da categoria

*Atualizada às 10h50.

Os juízes federais da Subseção Judiciária de Joinville vão realizar uma paralisação nesta terça-feira (16). Eles aderiram à mobilização organizada pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe),  para demonstrar a insatisfação da Magistratura Federal com os recentes atos do Poder Executivo.

Divulgação/ND

Juízes devem se reunir na sede da Justiça Federal da Rua do Príncipe para discutir futuro do movimento

Em nota, os juízes federais de Joinville explicam que objetivo da ação é protestar, sobretudo, contra “o recente veto da Presidente Dilma Roussef ao artigo 17 do PL 2201/11, que negou a gratificação por acúmulo de função aos Magistrados Federais, concedendo o benefício apenas aos membros do Ministério Público,  seguido pelo corte do Poder Executivo ao orçamento do Poder Judiciário, que intensificou o clima de descontentamento entre os Juízes Federais de todo o Brasil”.

Nesta terça (16) à tarde, os juízes federais devem se reunir na sede da Justiça Federal da Rua do Príncipe para definir os próximos passos do movimento em Joinville.

Com relação ao atendimento à população, a Justiça Federal ressalta que os servidores estão trabalhando normalmente. Só estão suspensos os serviços que dependem essencialmente dos magistrados, como audiências (que já foram previamente remarcadas), despachos e sentenças, exceto casos graves e urgentes, que eventualmente serão avaliados por uma equipe realizará plantão nesta terça.

Geral