Justiça determina internação compulsória de dependente químico em Barra Velha

A Secretaria de Assistência Social de Barra Velha internou compulsoriamente um dependente químico. O morador de rua, que também sofre de transtornos mentais graves, foi encaminhado à Clínica Psiquiátrica na cidade de Joinville.  A equipe de assistência social do município, depois de recolher a documentação do morador de rua, fez buscas por parentes, mas os pais dele afirmaram que não ter condições de ajudá-lo. Depois de receber um mandado judicial para o internamento, o secretário de Assistência Social, com apoio da Polícia Militar, abordou o morador de rua, que foi encaminhado à Unidade Prisional de Barra Velha, onde foi prestado o primeiro atendimento, antes do encaminhamento para Joinville.

Geral