Lá vem o verão, os amigos, os parentes e os turistas

O "primaverão" com dias seguidos de muito Sol, praia e calor indicam uma temporada quente e movimentado em Florianópolis

Ouvi agora aqui na redação do Notícias do Dia, onde também fica a redação do RIC Mais, o repórter Leonardo Thomé entrevistando, via telefone, uma fonte da prefeitura de Florianópolis a respeito dos preparativos para a temporada de verão. E no meio da conversa, o Leonardo soltou um “que dia, ein, secretário?”. 

Arquivo pessoal

Estamos com dias típicos de verão em plena primaveira

Pois é. Bastou espiar pela janela, clicar e conferir: que dia! Ou melhor, que dias. Fim de semana foi espetacular. Quem pode ir para as praias no sábado e no domingo certamente curtiu muito os dias de Sol e céu azul e nem deram bola para as filas na ida e na volta, sentido Sul, sentido Norte da Ilha. E pensar que ainda estamos na primavera, com temperaturas de verão, o que já dá para imaginar o que teremos pela frente. 

O mais divertido é ver que a turma de Florianópolis não perdoa e nem se preocupa em guarda segredo: lota as redes sociais com fotos e mais fotos “não tem preço” com os pés na areia ou com o fim de tarde iluminado como cenário. Tem aqueles que aproveitam os bares e restaurantes à beira-mar para dar mais uma provocada na turma de fora, especialmente aqueles amigos e parentes que não moram onde eles passam férias. Fotinho via WhatsApp com um copo de cerveja estupidamente gelada e um camarãozinho alho e óleo no prato. Que tal?

Fico pensando na quantidade de mensagens que esse povo de Florianópolis recebe nos comentários das fotos praieiras: “Estamos chegando”; “Guarda um pouquinho desse Sol pra gente”; “Vai preparando o camarão que a gente já, já chega aí”; “Avisa a tia que vamos passar quinze dias com vocês”. 

E será que o pessoal está preparado para receber os amigos e parentes no verão? Reformou a casa? Comprou beliche novo? E pior: será que querem mesmo receber amigos e parentes no verão? Não é ter espírito de porco, mas não dá vontade de ficar com a Ilha só para a gente? E que não venham me xingar porque a diversão é essa: moramos num cidade fantástica, com praias para todos os gostos e que a gente tem orgulho de ter como cenário dos nossos selfies, como se ainda fosse mesmo aquele pedacinho de terra perdido no mar do “Rancho de Amor à Ilha” – a realidade contrasta com a poesia do Zininho, infelizmente.

Deixa a gente viver essa ilusão, né? Isso ameniza o impacto negativo do verão (não vamos tapar o sol com peneira…), com a vinda de muitos amigos e parentes, além dos turistas de todo o Brasil e do exterior e escolhem a Ilha para suas férias. Ficamos no exemplo do trânsito só para não estender a conversa.

Como sou um manezinho de uma praia só, meu verão costuma ser bem mais sossegado do que o dos outros moradores de Florianópolis que fazem uma espécie de rodízio e escolhem um point diferente para curtir o sol e o mar a cada semana. Para estes, desejo boa sorte neste verão. E para quem vai chegar, bem-vindo. Venha, divirta-se e não esqueça de voltar…

…no próximo verão. 😉

Veja fotos publicadas no Instagram com a hashtag #florianopolisnoinstagram

Floripa Mil Grau e zueira com o verão em Florianópolis

Leia mais sobre a temporada de verão em Florianópolis