Ladrão entra em quartel da PM, rouba tênis de policial e ganha passagem para voltar para casa

Débora Klempous/ND

Jonata entrou de chinelo de dedo no quartel e saiu com um tênis Nike, depois foi preso na rodoviária

A ousadia de um ladrão colocou à prova a vulnerabilidade da segurança pública na Capital na tarde de terça-feira. Jonata Torres de Moura, 22 anos, que recentemente saiu do Presídio de Balneário Camboriú não encontrou dificuldades para entrar nas dependências do 4ºBPM e furtar o calçado de um soldado no alojamento coletivo.

Eram aproximadamente 16h quando o gaúcho da cidade de Rio entrou pela porta da frente nas dependências da unidade militar sem ser visto pelos seguranças da guarita armados de pistolas. Subiu até o primeiro andar de onde furtou o tênis Nike do soldado Antônio Pereira, 45. Moura estava de sandália de dedos e disse que deixou o chinelo ao lado da cama, onde estava o calçado.

Flagrado depois pelo sargento Machado, Torres disse que precisava de ajuda e pediu uma passagem para o Rio Grande do Sul. Sem saber que o invasor havia cometido o furto, o PM o conduziu até o programa da Prefeitura de Florianópolis de Abordagem de Rua. Lá, conseguiu a passagem. O furto só foi percebido após a troca de turno, quando o PM Antônio Pereira subiu no alojamento e não encontrou o tênis.

Ele foi com uma guarnição ao Terminal Rodoviário Rita Maria e prendeu o invasor.  “Os policiais me agrediram para eu confessar que pulei o muro do quartel. Nem posso fazer isso porque estou com o pé machucado. Entrei pela porta da frente”, disse Torres, na carceragem da Central de Polícia, na frente dos delegados Ilson Silva e Airton Zanelatto.

Torres foi autuado por tentativa de furto. O delegado de plantão, Antônio Lúcio Antônio Godoi, arbitrou fiança de R$ 678, mas como o suspeito não tinha dinheiro ficou preso. Após o interrogatório ele foi levado para o Cadeião do Estreito.

Mais conteúdo sobre

Polícia