Lobo-marinho-do-sul é avistado descansando em praia de Florianópolis

Um lobo-marinho-do-sul (Arctocephalus australis) foi avistado descansando no costão da praia do Santinho, em Florianópolis, na manhã desta segunda-feira (12).

Lobo-marinho-do-sul foi avistado na praia do Santinho – R3 Animal/Divulgação

A presença do animal foi identificada por equipe de campo da Associação R3 Animal, durante o monitoramento diário, por meio do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS).

Animal saudável

Segundo a R3, o lobo-marinho-do-sul foi avaliado por uma equipe técnica, que constatou que ele estava com condição corpórea boa, ativo e responsivo. “Portanto, está apenas descansando nas pedras”, disse a associação.

Com o uso de um termógrafo, o médico-veterinário Sandro Sandri avaliou que a temperatura do animal estava normal, sem sinais aparentes de patologias. O local foi isolado para preservar a segurança do mamífero.

Nesta época do ano é comum que animais desta espécie sejam avistados na região. Eles saem de colônias reprodutivas no Uruguai e Argentina e chegam às praias do Estado em busca de alimento e descanso.

Lobo-marinho estava descansando nas pedras – R3 Animal/Divulgação

Evitar contato

“Pedimos para que as pessoas mantenham distância. Embora lobos-marinhos não sejam animais agressivos, caso sintam-se ameaçados podem tentar se defender”, disse a R3.

Ainda conforme a associação, as orientações incluem evitar o contato com animais de estimação, pois eles podem transmitir doenças aos lobos-marinhos. Caso cachorros tentem atacar o animal, deve-se afastar o pet.

Também deve-se evitar tirar fotos com o uso de flash. “Nunca forneça alimento ou force o animal a entrar na água, pois ele quer apenas descansar. Colabore com a sensibilização e conscientização da comunidade”, finaliza.

Ao ver um mamífero, tartaruga ou ave marinha morta ou debilitada na praia, ligue para 0800 642 3341 e, assim que possível, uma equipe do PMP-BS irá até o local.

O PMP-BS é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

O projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo na Bacia de Santos sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, por meio do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos, e necropsia dos encontrados mortos.

O PMP-BS é realizado desde Laguna até Saquarema (RJ), sendo dividido em 15 trechos. Em Florianópolis, o Trecho 3, o projeto é executado pela R3 Animal.

Mais conteúdo sobre

Meio Ambiente