Luciano Hang critica em vídeo notificação do MP de Balneário Camboriú

Atualizado

O empresário Luciano Hang, dono da cadeia de lojas Havan, disse estar sendo vítima de perseguição do Ministério Público de Balneário Camboriú. Neste sábado (14), ele usou seu perfi no Instagram para desabafar e fazer a denúncia, revoltado ao receber uma notificação. O documento ordena a paralisação da construção da uma nova loja de sua rede.

Empresário Luciano Hang desabafa e diz estar sendo vítima de perseguição – Reprodução Instagram

“Querem nos notificar porque estamos trabalhando final de semana. Querem embargar a construção. Centenas de trabalhadores estão aqui para deixar nossa obra pronta para a inauguração do dia 28. O promotor, Isaac Sabbá, está perseguindo a Havan. Qual verdadeiro motivo? Que vergonha Ministério Público”, disse o empresário em seu perfil.

Confira o vídeo na íntegra.

Confira o post do empresário no Instagram:

“Acredite se quiser. Acabei de postar um vídeo da nossa loja em Balneário Camboriú e chega a Polícia Militar aqui, querendo nos notificar porque estamos trabalhando final de semana. Querem embargar a construção. Centenas de trabalhadores estão aqui para deixar nossa obra pronta para a inauguração do dia 28. Mas o promotor, Isaac Sabbá, está perseguindo a Havan. Qual verdadeiro motivo? Que vergonha Ministério Público. Não podemos generalizar, mas tem promotores, que se acham deuses. Eles esquecem que quem está desempregado tem pressa!”

Leia também:

Geral