Mais antigo filatelista de Joinville morre aos 91 anos

Wolfgang Kohls silenciou serenamente, em seu leito. Além da enorme coleção de selos, deixa como legado o concurso de redação Vati Kohls

Divulgação/ND

Vati Kohls era um apaixonado pela leitura e incentiva a família a ler e escrever por meio de um concurso muito peculiar

A Associação Filatélica de Joinville perdeu neste domingo, aos 91 anos, seu mais antigo associado. Wolfgang Kohls, o “vati” (paizinho, em alemão) morreu serenamente, em sua casa, quando descansava durante a tarde. Seu corpo está sendo velado na própria casa da família, na rua Plácido Olímpio de Oliveira, 889, de onde sairá por volta das 16h desta segunda-feira, para sepultamento no Cemitério Municipal.

Além da paixão pela filatelia e pela leitura, Kohls se notabilizou como o idealizador, no ano 2000, de um concurso que serviu para unir as diferentes gerações de sua família em torno do Natal, além de estimulá-los a desenvolver a escrita. Trata-se do Grande Concurso Vati Kohls de redação, que a cada ano vem mobilizando os cerca de 50 integrantes mais diretos da família em torno de um tema que ele sempre divulgava em seu aniversário, em outubro. O nome do vencedor do concurso era divulgado no Natal. Vati Kohls deixa viúva a companheira de décadas, a “mutti” (mãezinha) Martha, seis filhos, netos, e bisnetos.

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Notícias