Mais de 1,5 milhão de unidades consumidoras de Santa Catarina ficam sem energia elétrica

Atualizado

Os vendavais registrados no final da tarde desta terça-feira (30) em Santa Catarina deixaram boa parte das unidades consumidoras do Estado sem energia elétrica, segundo o monitoramento online da Celesc.

O quadro era de aproximadamente 35% por volta de 16h30. No entanto, a situação foi se agravando e às 17h, o percentual chegou a quase 49%.

Segundo a Celesc, das 3,1 milhões de unidades consumidoras, as interrupções causaram quedas de energia para ao menos 1,54 milhão de casas, comércios e indústrias.

Monitoramento online da Celesc mostra regiões com mais quedas de energia elétrica em SC – Foto: Reprodução/ND

As principais regiões afetadas, por volta de 16h30, foram o Planalto, Meio Oeste, Oeste, Norte, Vale do Itajaí e Grande Florianópolis. Segundo o monitoramento online da Celesc, a região Sul do Estado foi a que teve menos prejuízos.

As principais explicações para as interrupções foram as quedas de vegetação sobre as linhas de distribuição e transmissão da Celesc, o que ocasionou o rompimento de fiações de energia.

Em termos absolutos, a Grande Florianópolis foi onde houve maior número de interrupções, com 226,4 mil desligamentos acidentais. Logo em seguida aparecia a região de Blumenau, com 190,6 mil quedas, e Lages, com 119,6 mil desligamentos.

Até as 17h, não havia previsão de retorno do fornecimento de energia, já que as equipes da Celesc foram acionadas para vistoriar as linhas de transmissão e avaliar os estragos.

Em nota, a Celesc informou que equipes estão em campo, atuando nas áreas atingidas, mas é importante que a população permaneça em local seguro e relate as ocorrências para a Defesa Civil (199), o Corpo de Bombeiros (193) e as emergências relativas à rede elétrica no 0800 048 0196.

Tempo