Mais de 20 pássaros silvestres são resgatados de cativeiro no Oeste de SC

Profissionais da Polícia Militar Ambiental apreenderam 27 pássaros silvestres que eram mantidos em cativeiro em Tangará, no Oeste do Estado.

Segundo o CPMA (Comando de Policiamento Militar Ambiental), o proprietário não tinha autorização de órgãos ambientais para ter os animais. A apreensão ocorreu na manhã desse domingo (16).

Pássaros silvestres mantidos em cativeiro foram apreendidos pela Polícia Militar Ambiental – CPMA/Reprodução/ND

Entre as espécies de aves apreendidas estão o Canário-da-terra, Trinca ferro, Coleirinho, Azulão, Pássaro preto, Pomba picuí, Cardeal, Sabiá de peito roxo e Tico-tico rei, todos sem autorização do órgão ambiental competente.

Leia também:

A pena prevista para este crime ambiental é de seis meses a um ano, além de multa de R$ 500 por cada pássaro mantido em cativeiro. Caso a espécie esteja ameaçada de extinção, a multa pode chegar a R$ 5 mil por cada animal.

Multa pode chegar a R$ 5 mil por cada animal detido – PM Ambiental/Reprodução/ND

Na natureza, os pássaros nativos de cada região possuem uma função vital no equilíbrio da cadeia ecológica, disseminando sementes no solo, controlando insetos ao se alimentarem deles e servindo de alimentos para outros animais.

Polícia