Mais de 200 motoristas são abordados durante blitz da Lei Seca em Florianópolis

Atualizado

Uma blitz da Lei Seca realizada pela Guarda Municipal de Florianópolis resultou na abordagem de 210 condutores no bairro Coqueiros, na noite desta sexta-feira (12). A operação durou duas horas e contou com a participação de 18 agentes.

Blitz da Lei Seca abordou 210 motoristas no bairro Coqueiros nesta sexta – PMF/Divulgação/ND

Como resultado da operação, que visa identificar motoristas que dirigem embriagados, um condutor foi flagrado dirigindo um veículo registrado sem licenciamento e foi multado em R$ 293,47. Outro condutor foi autuado em R$ 880,41 por dirigir o veículo sem possuir a CNH.

Quatro motoristas se recusaram a fazer o teste do bafômetro – neste caso, receberam medidas administrativas e foram multados em R$ 2.934,70. Além disso, tiveram seus veículos removidos e direito de dirigir suspenso por um ano.

Um condutor foi flagrado com medida de 0,32 mg/l, sem configuração de crime, e foi multado em R$ 2.934.70. Dois outros veículos foram removidos por medida administrativa.

Os motoristas podem ser multados na Lei Seca de três diferentes maneiras. Quando se recusam a fazer o teste do bafômetro – neste caso, são autuados e recebem a multa. Na segunda, quando fazem o teste e o nível de álcool constatado não ultrapassa 0,33 mg/L – desta forma, caem na medida administrativa e recebem multa. Caso o nível de álcool seja superior a 0,34 mg/L, o condutor recebe a medida administrativa e é preso.

Mais conteúdo sobre

Trânsito