Mais um cachorro é atingido por disparo em Itajaí

Atualizado

Outro cachorro foi atingido com um tiro na boca, na tarde desta sexta-feira (14), em Itajaí. O animal é um pitbull que já foi atendido em uma clínica veterinária e está fora de perigo.

Pitbull recebeu atendimento veterinário – Foto: Reprodução/ND

“Animal super dócil, tanto que tiramos ele de baixo da cama sem nenhuma proteção. Sabemos que muitos animais são agressivos sim. Principalmente para defender seu dono. Mas existe outros meios para se conter um animal”, afirmou a vereadora vereadora Renata Narcizo (SD), em sua conta no Facebook.

Pitbull recebeu atendimento e passa bem – Foto: Reprodução/ND

Esse novo caso aconteceu durante uma ocorrência policial no bairro São Vicente, enquanto os policiais procuravam por um assassino foragido. Enquanto os policiais conversavam com o foragido – que acabou preso – uma mulher abriu a porta da casa e o cão teria atacado os policiais, que atiraram.

Leia também:

O primeiro caso foi registrado na noite de quinta-feira (13), na avenida Beira-Rio, no Centro de Itajaí. O caso ocorreu durante uma abordagem da Polícia Militar a um homem em situação de rua, que estava acompanhado do animal. A justificativa foi de que o cachorro também havia avançado no policial.

Conforme a PM, o agente “tentou se desvencilhar do animal andando para trás, mas acabou se desequilibrando [no] momento em que o cão chegou próximo a mordê-lo”. O disparo de arma de fogo, de acordo com o relato do policial, foi feito “para preservar sua integridade física”.

Mais conteúdo sobre

Polícia