Mais uma treliça, mais um ponto de apoio

Empreiteira que trabalha na Ponte Hercílio Luz instalou na terça, 23, mais um equipamento de sustentação. Falta apenas um, previsto para março, que vai formar a estrutura da "ponte segura"

Divulgação James Tavares/ND

A quarta treliça de sustentação da Ponte Hercílio Luz começou a ser instalada na terça, 23 (ao centro da imagem, à direita do pescador). É a penúltima estrutura desse tipo que se une às torres já concluídas, para formar a chamada operação “ponte segura”, ou seja, o apoio ao vão central da ponte para que os olhais defeituosos possam ser trocados. A última treliça está prevista para ser implantada no mês de março, bem antes do prazo estipulado em contrato (abril) entre o governo e a EMPA, empreiteira do grupo português Teixeira Duarte, uma das maiores do mundo em engenharia pesada. Ou seja, a reta final de recuperação da ponte se torna cada vez mais visível, reduzindo as especulações e desconfianças, normalmente destiladas nas redes sociais e espaços de comentários dos portais de notícias. Nunca antes na história de 34 anos da interdição da ponte um governo, como o atual, levou tão a sério a conclusão das obras. Ainda vai demorar um pouco, talvez uns dois anos, mas nós temos cada vez mais certeza de que a Ponte Hercílio Luz vai voltar a ser utilizada para a integração entre Ilha e Continente.

Velha questão

Mais uma vez a falta de gerenciamento de trânsito em Florianópolis: um caminhão quebrou por volta de 12h30 de terça, 23, na Ponte Pedro Ivo. Até 15h não havia sido retirado, por falta de guincho, causando imenso engarrafamento até a BR-101. Situação que eu havia mencionado na coluna do mesmo dia: a mobilização das autoridades é lenta demais.

Mão na massa

Outra encrenca do trânsito, a sinaleira na esquina da Avenida Beira-Mar com a Arno Hoeschl, ganhou na terça, 23, finalmente, uma intervenção das autoridades. Até que se arrumasse o equipamento, já de acordo com o novo padrão de qualidade, a Guarda Municipal interditou o acesso à rua pela Beira-Mar. Menos mal, mas é isso mesmo que se espera da autoridade de trânsito: mão na massa.

Não é coincidência

A proposta do deputado federal Rogério Mendonça (Peninha), do PMDB, para reduzir a APA (Área de Preservação Ambiental) de Anhatomirim, em Governador Celso Ramos, lembra história bem semelhante em Florianópolis. Em outubro de 2014 a comunidade se mobilizou para impedir a aprovação, pela Câmara de Vereadores, de um projeto que pretendia destruir a Praça Gilberto Guerreiro da Fonseca, no Centro, para abertura de uma rua. Curiosamente, o projeto legislativo atendia a interesses empresariais na região. Mas a comunidade venceu.

Só enganação

Quer dizer então que o PMB (Partido da Mulher Brasileira) é antifeminista, não tem “ideologia” e não tem mulheres em destaque nos seus quadros? Isso é muito significativo, mostra o quanto o cenário dos partidos no país está deteriorado, desacreditado e distante dos reais interesses da sociedade. Aliás, de todas as siglas existentes (quase 40) sobram três ou quatro. O resto é enganação.

Sem anais

“O presidente do Conselho de Ética acabou de dizer que vai retirar dos anais o termo ‘suruba’, utilizado por um dos parlamentares”. Murilo Cleto, no Twitter (@MuriloCleto), sobre fato de terça, 23, que retrata bem o nível atual do Congresso brasileiro.

Crise e perspectivas

O economista Paul Singer vem a Florianópolis nesta sexta-feira, 26, para falar sobre “A crise estrutural do capitalismo e os valores da economia solidária”. Será no Plenarinho da Assembleia, a partir das 18h30. Uma ótima oportunidade para conhecer melhor as dimensões da crise e debater perspectivas e alternativas sociais e econômicas inclusivas.

Venda direta

O Sapiens Parque realiza a primeira de duas etapas de venda direta de terrenos do polo de inovação, em evento marcado para esta quarta, 24. Os primeiros cinco imóveis serão comercializados por meio de concorrência pública, com preços variando de R$ 800 mil a R$ 6 milhões e possuem entre 1,6 mil e 9,3 mil metros quadrados. As unidades preveem a construção para uso comercial, empresarial, de hotelaria, serviços, tecnologia, corporativo e de indústria limpa.

Sensatez

Uma empresa de grande porte de São José terá mais tempo para apresentar a sua defesa e quem sabe evitar o leilão para venda de sua sede, que havia sido dada como garantia por empréstimos junto a uma instituição bancária. O advogado Danilo Martelli Júnior, da Martelli Advogados Associados, considerou prudente a decisão judicial que beneficiou o seu cliente, uma vez que nos muitos casos em que o bem é dado em garantia (alienação fiduciária), o devedor somente o faz porque não tem alternativa na hora de contratar.

Inclusão musical

O Complexo de Saúde Baía Sul Medical Center abre suas portas nesta quarta, 24, às 15h, para uma apresentação muito especial: a orquestra da ACAM (Associação de Amigos da Casa da Criança e do Adolescente do Morro do Mocotó) promete emocionar pacientes, colaboradores e a comunidade com a interpretação de canções clássicas e da música popular brasileira.

Lixo e Saúde

Com os apelos da área da saúde para que terrenos, quintais e estabelecimentos comerciais se mantenham livres do acúmulo de lixo por causa da proliferação do mosquito Aedes aegypti, a população pode ter dúvidas sobre onde depositar entulhos e resíduos volumosos. A Comcap tem quatro Ecopontos para recebimento desses materiais, com limite de 1 metro cúbico por dia, nos bairros Itacorubi, Capoeiras, Monte Cristo e Morro das Pedras.

Divulgação

Escola e colônia

A construção de uma escola para cerca de dois mil alunos (foto) ao lado da Colônia Penal Agrícola de Palhoça está mobilizando a comunidade para pressionar o governo do Estado a cumprir o compromisso de transferir a unidade penal para uma área na periferia do município.

Loading...