Mandetta fica, máscaras caseiras e mais alagamentos: o resumo da segunda (6)

Atualizado

O destaque da segunda-feira (6) foi a movimentação no Palácio do Planalto e a possível exoneração do principal ministro de Bolsonaro no momento. Ao final do dia, a confirmação: Mandetta, à frente do Ministério da Saúde, permanece no cargo.

Enquanto isso, a luta contra o coronavírus faz com que a prefeitura da Capital e o Governo do Estado incentivem o uso de máscaras caseiras. Em Florianópolis, o primeiro dia de comércio reaberto foi com pouco movimento de clientes.

Fora do tema que predomina no noticiário – o novo coronavírus – o destaque ficou por conta da prisão do padrasto acusado de matar uma criança e incendiar a casa, em Videira.

Sem ter se refeito dos estragos causados pela ressaca, no último fim de semana, o Litoral de Santa Catarina deve se preparar: novos alagamentos podem acontecer!

Confira o resumo desta segunda-feira:

Florianópolis

Gean Loureiro e o secretário Paraná fazendo uso de máscaras – Foto: Reprodução/Facebook/Divulgação

Santa Catarina

Raphael com a equipe brasileira de CSGO, em Las Vegas – Foto: Raphael Yuri/Divulgação/ND

Brasil

Após reunião com presidente e muita especulação, ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fica no cargo – Foto: Agência Brasil/Divulgação/ND

Coronavírus

Coletiva ocorreu nesta segunda-feira (6) e contou com anúncio dos novos dados sobre o coronavírus no estado – Foto: Divulgação/Governo de SC/ND

Esporte

Confederação destinará recursos para clubes se manterem durante a crise do novo coronavírus – Foto: Lucas Figueiredo/CBF/divulgação

Tempo