Mantida em cárcere privado, mulher consegue ligar para polícia e é resgatada, no Sul de SC

Um homem agrediu e manteve a própria companheira em cárcere privado sob ameaças durante vários dias na comunidade de Três Barras, no interior de Orleans, no Sul do Estado.

A vítima conseguiu ligar para polícia nessa segunda-feira (22), quando ele saiu para trabalhar e acabou esquecendo o celular na casa, que fica em um sítio onde o casal mora.

Em depoimento, ela informou à polícia que o marido a proibiu de ter contato com outras pessoas sem estar junto, e que por isso o único celular da casa ficava sempre com ele.

Quando percebeu que ela tinha feito a denúncia, o homem a ameaçou de morte com pedras e um machado. E depois fugiu.

Os policiais militares resgataram a mulher, que é natural de Pernambuco, e seus três filhos. Eles foram encaminhados para o Conselho Tutelar do município. Segundo a PM, ela informou que pretende voltar para a terra natal.

Foram feitas buscas no local, mas nenhum suspeito foi preso. A idade da vítima não foi divulgada. A polícia também não informou por quanto tempo ela ficou presa e detalhes sobre ferimentos causados por agressão.

Polícia