Clientes acusam marcenaria de Blumenau por aplicar golpes

Conforme os clientes 240 ambientes foram pagos, porém acabaram ficando sem os móveis

Marcenaria em Blumenau recebia dinheiro de clientes e não entregava os pedidos, os valores de alguns pedidos chegavam a R$ 50 mil. Além dos pedidos sem entregar, o salário dos funcionários estavam atrasados

Uma das clientes afirma ter economizado R$ 12 mil no pagamento à vista dos móveis de cinco ambientes da casa nova. O prazo para entrega era outubro do ano passado. Na data combinada ela procurou a empresa, mas recebeu apenas parte do combinado. Mariana diz que eles entregaram pouca coisa, mas que confiou na empresa. “Agora preciso comprar tudo de novo”, afirma.

O valor pago por outro cliente para mobiliar 13 ambientes do apartamento recém comprado foi de R$ 40 mil. A mudança aconteceria no início de dezembro, mas o móvel continua vazio. “Eu entrava em contato com eles, mas eles me informavam que o funcionário não é o mesmo”, revela.

Reprodução/ RICTV Record

Marnaria aplicava golpes a clientes

Além dos ambientes que não foram entregues o salários dos funcionários estavam atrasados

De acordo com os clientes lesados são 240 ambientes projetados que não passaram do carnê de pagamento. Em alguns casos o investimento ultrapassou os R$ 50 mil. O grupo de clientes lesados pela empresa procurou ajuda na justiça.

Enquanto os consumidores pagavam pelos móveis, mesmo sem vê-los, os funcionários recebiam os salários atrasados. De acordo com eles, no mês de novembro o salário chegou a ser parcelado. Na manhã da última segunda-feira os 26 trabalhadores assinaram a rescisão.

Para reverter a situação o sindicato da categoria espera conseguir pelo menos resguardar o patrimônio da empresa.

A proprietária da empresa não quis falar sobre o assunto e foi representada pelo advogado contratado na última semana. Conforme Manuel Vieira Junior a empresa foi comprada em outubro do ano passado e após alguns meses os problemas financeiros acabaram surpreendendo a compradora. O antigo dono da empresa prometeu conceder entrevista nessa terça-feira (14).

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Notícias

Loading...