VÍDEO: Maré alta provoca alagamentos em bairros de Florianópolis

Atualizado

A passagem de um ciclone extratropical no Oceano Atlântico continua ocasionando alagamentos nas cidades do litoral de Santa Catarina nesta quarta-feira (8). É esperado que o fenômeno ainda se repita na tarde desta quinta-feira (9).

No Pântano do Sul, pessoas observam a maré subir e chegar nas casas e restaurantes – Foto: Flávio Tin/ND

A maré alta e ressaca provocou estragos e também afetou o trânsito na cidade. Na avenida Beira-mar Norte, quem trafegava no sentido ao Sul da Ilha de Santa Catarina, precisou desviar o caminho porque a água havia invadido a estrada que passa ao lado da sede de tratamento de esgoto da Capital.

Outras regiões como, por exemplo, a SC-406, no Rio Tavares, e a Avenida Saudade também tiveram o trânsito afetado por causa da água que invadiu a pista.

Leia também: 

A faixa de areia da praia do Pântano do Sul, no Sul da Ilha, havia sumido durante o pico da maré, no meio da tarde desta quarta-feira (8), e os pescadores tiveram que recolher os barcos. A água também invadiu uma parte da rua Joaquim Neves Arantes, próximo à praia.

Na sexta-feira (4) e sábado (5) a maré alta por conta da passagem do ciclone extratropical já havia causado prejuízos.

O fenômeno deve voltar a ocorrer por volta das 15h desta quinta-feira (9), em Florianópolis. Além da passagem do ciclone extratropical, o vento forte do quadrante Sul e a Lua (maré de sizígia) também estão influenciando no aumento da maré. Como resultado, segue o alerta para as regiões mais baixas do litoral catarinense.

Pescadores precisaram recolher os barcos no Pântano do Sul, em Florianópolis – Foto: Flávio Tin/ND

Mais conteúdo sobre

Tempo