Massa de ar polar traz frio para todas as regiões de Santa Catarina até domingo

Atualizado

Cachecóis e casacos saíram dos armários e desfilaram pelo Centro de Florianópolis. Foto: Flavio Tin/ND

A temperatura já começou a despencar e os catarinenses poderão sentir o frio característico do inverno até domingo. Temperaturas negativas são aguardadas em cidades da Serra, como Urupema, Urubici e Bom Jardim da Serra, enquanto, no litoral, os termômetros devem apresentar 0º a 6º centígrados de temperatura mínima.

De acordo com as meteorologistas da Epagri/Ciram, Gilsânia Cruz e Laura Rodrigues, as temperaturas começaram a despencar no final da tarde de ontem devido à presença de uma intensa massa de ar frio de origem polar, a primeira do ano, e o frio mais intenso será percebido até o meio-dia de domingo.

Além do frio, o mar também estará agitado nos próximos dias, com risco de ressaca e ondas de até quatro metros de altura em alto-mar na sexta-feira, devido à intensificação do vento com rajadas de 60 a 70 km/h.

As condições desfavoráveis de navegação para pequenas e médias embarcações são provocadas pela formação deum ciclone extratropical entre a costa da Argentina, Uruguai e Rio Grande do Sul, combinada com presença da massa polar.

Aquecedor ligado no vão do Mercado Público. Foto: Flavio Tin/ND

Apesar da temperatura de 17º C no final da tarde de ontem, o vento cortante na área central era um prenúncio da queda de temperatura nos próximos dias. Casacos, cachecóis e gorros de lá já saíram do armário e eram usados por quem caminhava nas imediações do calçadão da Felipe Schmidt em direção ao Terminal Central. No vão do Mercado Público, os comerciantes ligaram os aquecedores a gás na tentativa de atrair os turistas que circulam pelo Centro.

Diante da previsão de queda da temperatura, funcionários da secretaria municipal de Assistência Social de Florianópolis tiveram trabalho para arrumar os quartos que são colocados à disposição dos moradores de rua nos abrigos públicos.

De acordo com o diretor de Proteção Social Especial, Sandro Azevedo, a população de rua de Florianópolis é estimada em 459 pessoas, mas nem todas recorrem aos abrigo, mesmo diante de baixas temperaturas. “São pessoas que já perderam o vínculo familiar, e muitos não gostam de cumprir regras”, justifica.

Caso uma pessoa seja encontrada em situação de vulnerabilidade, a equipe de Sensibilização pode ser acionada pelo telefone (48) 3223-8566, das 8h às 20h, para que agentes possam ir até o local e oriente o indivíduo acerca dos serviços oferecidos pela prefeitura.

Sandro Azevedo mostra quarto da passarela da Cidadania para receber moradores de rua. Foto: Flavio Tin/ND

Moradores de rua são recebidos a partir das 19h

No abrigo da passarela da Cidadania (Nego Quirido), os moradores de rua precisam se apresentar a partir das 19h, onde são submetidos a uma triagem e vistoria feita pela Guarda Municipal.

“Fazemos esse trabalho para que o pessoal não entre com drogas ou objetos cortantes”, explica Azevedo. Na sequência, eles recebem material para banho e higiene pessoal e depois são encaminhados para o jantar.

Se houver necessidade, o morador pode ser transferido às 21h para o abrigo público que funciona no bairro Jardim Atlântico, em ônibus custeado pela prefeitura através de parceria com o Consórcio Fenix.

Pela manhã, às 9h, o morador de rua pode utilizar o mesmo transporte para retornar ao centro para trabalhar ou procurar emprego. “Todos que nos procurarem serão abrigados”, completa Azevedo.

Os municípios de São José e Palhoça também estão preparados para abrigar moradores de rua nos próximos dias.  O abrigo de São José será instalado no Centro Pop de sexta-feira até domingo para abrigo das 19h às 7h, com oferecimento de jantar e café da manhã. Os animais de estimação também podem ser levados até o local.

Em Palhoça, o abrigo vai funcionar no piso superior do Centro de Convivência da Terceira Idade (Rua Padre João Batista Réus, bairro Caminho Novo), com horário de entrada das 19h às 22h e funcionamento até 7h.

ABRIGOS PÚBLICOS

FLORIANÓPOLIS

Projeto Passarela da Cidadania – Passarela Nego Querido. Avenida Gustavo Richard

Albergue Noturno Manoel Galdino – Avenida Hercílio Luz, 506, Centro.

Serviço de Acolhimento para Pessoa em Situação de Rua – Rua General Bittencourt, 234, Centro

Serviço de Acolhimento para Pessoa em Situação de Rua – Rua Desembargador Gil Costa, 522, Capoeiras

Casa de Passagem para Mulheres Vítimas de Violência e em situação de Rua –

Rua Delminda da Silveira s/nº- Fundos da Promenor e ao lado da 6ª DP. Bairro: Agronômica

Abrigo no Jardim Atlântico – Rua Doná Vicentina Goularte, 186 – Jardim Atlântico

PALHOÇA

Centro de Convivência da Terceira Idade – Piso Superior – Rua Padre João Batista Réus, bairro Caminho Novo.

SÃO JOSÉ

Centro Pop – Rua Camilo Verissimo da Silva, 104, bairro Roçado

TEMPERATURAS NOS PRÓXIMOS DIAS EM FLORIANÓPOLIS

QUINTA – SOL COM NUVENS

MÁXIMA 17º C

MÍNIMA 10º C

SEXTA – SOL COM AUMENTO DE NUVENS

MÁXIMA  14º C

MÍNIMA  6º C

SÁBADO – ENSOLARADO

MÁXIMA 15º C

MÍNIMA 5º C

DOMINGO – ENSOLARADO

MÁXIMA 17º

MÍNIMA 4º

Fonte: Epagri/Ciram

Tempo