Menina raptada em Brusque é encontrada sete horas após denúncia

Atualizado

Um caso de rapto teve um final feliz em Brusque, no Norte de Santa Catarina. Uma menina de dois anos, que teve seu desaparecimento registrado na tarde desta quarta-feira (15), foi encontrada junto a uma prima de sua mãe poucas horas depois suposto rapto.

Menina de dois anos foi encontrada poucas horas após o registro de seu desaparecimento – Foto: PMSC/Divulgação

Segundo o Conselho Tutelar de Brusque, que prestou atendimento a família, a mulher e a criança foram acolhidas por uma família que os acionou. A mulher de 42 anos apresentava sinais de confusão mental e não sabia onde estava.

Ainda de acordo com o Conselho, ela era natural do Pará e estava em Brusque há apenas duas semanas. O caso não era tratado como sequestro e os conselheiros chegaram a andar com a mulher pela cidade para saber se ela reconhecia algum local.

Leia também:

Na mesma tarde, a mãe da criança passou a procurá-la junto a Polícia e ao Conselho Tutelar. Os conselheiros então conectaram os casos e passaram a procurar a família da menina.

A prima teria levado a criança sem autorização dos pais e teve um surto psicológico. Ele teria então pegado um táxi e seguido com menina para o Centro. Os pais só descobriram a ausência da menina quando chegaram a casa horas depois.

Segundo o Conselho Tutelar, a mulher teria vindo à cidade para cuidar da criança.

Mais conteúdo sobre

Polícia