Milhas aéreas permitem acesso a classes superiores

Atualizado

Para embarcar em um das companhias aéreas que oferecem serviços de luxo é preciso desembolsar grandes valores, até porque geralmente os benefícios são prestados durante longas viagens. No entanto, nota-se um movimento de mudança em relação às vantagens exclusivas destinadas a bilhetes de primeira classe.

Enquanto que companhias como a Emirates e a Singapore reservam luxuosas cabines, com suítes fechadas e refeições personalizadas apenas para a primeira classe, a Air France, por exemplo, oferece cardápios criados por chefs renomados. Já a Qatar Airways e a Delta Arilines estão instalando assentos estilo suíte nessa categoria; as norte-americanas American e United mimam os passageiros com roupas de cama estilo de hotel.

O nível destes serviços é refletido no custo das passagens aéreas. Uma viagem transoceânica na classe executiva chega a US$ 10 mil em alguns casos, porém caso tenha milhas de companhias aéreas ou pontos de cartão de crédito que possam ser transferidos para programas de passageiros, é possível reservar essas passagens por um valor menor que o custo de um assento na classe econômica.

Geral