‘Minhas filhas pediram para acender a fogueira’, diz prefeito de Osasco

Atualizado

“Papai, me deixa acender a fogueira junto com o senhor”? Esse pedido não sai da cabeça do prefeito de Osasco, Rogério Lins. Ele teve o rosto e parte do corpo queimados, após explosões de uma fogueira de festa junina. “Na hora da explosão, imediatamente me veio a lembrança do pedido das minhas duas filhas no carro”.

Prefeito de Osasco falou pela primeira vez, após explosão – Reprodução

Rogério Lins teve 14% da face e braços queimados após a explosão. Ele deu as declarações no hospital, em vídeo gravado pela assessoria de imprensa da Prefeitura de Osasco. A polícia investiga os motivos que levaram à explosão da fogueira. O prefeito avisou que não vai se afastar do cargo, dirigindo a cidade direto do hospital.

Milagre

“Quando eu cheguei aqui o médico falou que nós tinhamos sido fruto de um grande milagre, primeiro por não termos ficado cegos imediatamente. Certamente poderíamos ter inalado a chama com aquela caloria, o que poderia ter sido fatal”.

Aline Lins, esposa de Rogério Lins, ficou com 8% do corpo queimado. Rogério afirmou ainda que acordou apenas na ambulância a caminho do hospital. “Agradeço por estar vivo”, disse.

“Estamos bem e em recuperação. Espero poder voltar às atividades o mais rápido possível e contribuir com nossa cidade”, disse na rede social o chefe do Executivo de Osasco.

Leia também:

Deputada Paulinha posa com Neymar e agita a internet

Em crise, Deca fecha fábrica e demite mais de 400 funcionários

Brasil