Ministério diz que 90% das vítimas fatais por Covid-19 tinham acima de 60 anos

Atualizado

O Ministério de Saúde divulgou neste sábado (28) o perfil dos óbitos por Covid-19, transmitido pelo novo coronavírus. Segundo os dados, 90% das vítimas fatais tinham acima de 60 anos. Ainda, 84% apresentaram pelo menos um fator de risco. Entre eles, cardiopatia, diabetes e pneumopatia.

Boletim diário do Ministério da Saúde sob o comando do ministro Luiz Henrique Mandetta – Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil/divulgação/ND

Até o momento 61,4% das pessoas que vieram a óbito foram homens, 62 casos. Já mulheres representam 38,6%, com 39 casos. O maior número de óbitos foram registrados na última quinta-feira, quando 14 pessoas morreram.

Até as 15h deste sábado, 28, quando os dados apresentados foram fechados, 15.140 pessoas estavam hospitalizadas por conta da Covid-19. Deste, 569 foram confirmados com a doença.

Número de mortes atualizadas

O Ministério da Saúde corrigiu há pouco os dados sobre casos de covid-19 no País divulgados neste sábado. Diferente do que havia sido informado antes, o número de óbitos é de 114. Os três casos foram notificados pela Secretaria de Saúde do Ceará. Com os novos casos, a taxa de letalidade da doença passa de 2,8% para 2,9%.

Saúde