Ministério Público Federal alerta sobre e-mail fraudulento

O MPF (Ministério Público Federal) identificou um e-mail falso que está sendo distribuído em nome da instituição com finalidade fraudulenta. A instituição adverte que não tem o hábito de enviar e-mails e que sua correspondência legal se restringe aos encaminhamentos judiciais.

Leia também: 

A correspondência falsa, que utiliza o nome verdadeiro de um servidor do MPF, informa sobre o encaminhamento de um inquérito civil por ordem de um procurador da República também real lotado em Tubarão, no Sul do Estado, linkando o número do procedimento. Em seguida o texto do e-mail instrui para que seja clicado em outro link fraudulento, caso discorde da decisão.

Esse tipo de e-mail fraudulento é classificado como “phishing”, uma técnica de fraude online utilizada por criminosos no mundo da informática para roubar senhas e informações pessoais.

Desde que soube da circulação desse e-mail falso o MPF em Santa Catarina está tomando todas medidas para identificar os responsáveis pelo crime.

Polícia