Ministro do Turismo pede licença até o dia 26 de julho

Atualizado

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, irá tirar licença por tempo determinado e sem vencimentos para tratar de assuntos particulares até o dia 26 de julho, conforme previsto na Lei nº 8.112/1990.

O ministro é suspeito de participar de um esquema de candidaturas laranja dentro do PSL e irá prestar informações sobre o caso no dia 6 de agosto, em comissão no Senado. No próximo dia 29, conforme comunicado, Marcelo Álvaro Antônio retorna ao posto.

Neste mês, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, também pediu afastamento do cargo para tratar assuntos pessoais.

Mais conteúdo sobre

Política