Modelo que acusa Neymar de estupro presta depoimento nesta sexta-feira

Atualizado

A modelo Najila Trindade Mendes de Souza, de 26 anos, deverá ser ouvida nesta sexta-feira (7) pelos policiais da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em Santo Amaro, na zona Sul de São Paulo, onde registrou um boletim de ocorrência, no qual acusa o jogador Neymar de estupro.

Najila Trindade deverá ser ouvida pelos policiais da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em Santo Amaro – Record/Reprodução

A previsão é que o depoimento seja às 11 horas. Advogados da mulher estiveram na sede da 6ª DDM e havia uma possibilidade de Najila falar com os policiais nesta quinta-feira (6), mas uma suposta invasão do apartamento onde a acusadora mora teria motivado o adiamento — ela havia sido intimada quatro vezes pela polícia para falar sobre a denúncia contra o jogador de futebol.

A acusação foi registrada no último dia 31 de maio. De acordo com a jovem, Neymar teria agredido sexualmente a jovem após encontro íntimo, ocorrido duas semanas antes, em um hotel de Paris, onde o atacante do PSG reside.

No documento, Najila afirmava que tinha ido à capital francesa a convite do atleta e com a passagem paga por ele depois de ambos trocarem mensagens por redes socias e celular.

Embriaguez e violência

Segundo relato de Najila no boletim de ocorrência, Neymar estava aparentemente embriagado. Ambos conversaram e “trocaram carícias” mas, em determinado momento, “Neymar se tornou agressivo e, mediante violência, praticou relação sexual contra a vontade da vítima”, disse a mulher aos policiais.

Leia também:

Logo após o caso ser exposto à opinião pública, o atacante do PSG e da seleção brasileira divulgou um vídeo no qual se defende das acusações. Na postagem, que foi apagada depois, Neymar expôs as conversas com Najila.

Imagens da jovem também foram exibidas, atitude que motivou uma investigação da Polícia Civil por suspeita de crime previsto no Código Penal Brasileiro. Com informações do Portal R7.

Polícia