Morador de rua de Blumenau que prestou Enem ganha bolsa de estudo para cursar Direito

Atualizado

O morador de rua de Blumenau que prestou o Enem com o objetivo de conseguir uma bolsa de estudos para cursar Direito não precisa mais aguardar o resultado da prova, que deve ser divulgado no começo de 2020.

Foto: Arquivo Pessoal/ND

Arno Muniz, de 46 anos, agora ex-morador de rua, recebeu uma bolsa de estudo de uma faculdade da região. Ele teve de fazer uma redação na instituição e apresentar o histórico escolar e situação socioeconômica.

Com isso, conseguiu o auxílio que cobrirá todas as despesas da graduação. O curso começará no próximo ano.

Uma empresa também o entrevistou para uma vaga de emprego. A formalização ainda não ocorreu, mas ao que tudo indica nos próximos dias Arno deixará de ser desempregado.

Leia também

O homem deverá iniciar um tratamento psicológico gratuito para tratar a dependência ao álcool e outros problemas. Somente assim conseguirá aproveitar as oportunidades que surgiram após uma onda de solidariedade.

“Eu prometo que não vou decepcionar, que vou dar tudo de mim para conseguir ir até o fim. Obrigada a todos, agradeço de coração”, disse Arno após assinar os papéis com a unidade de ensino na sexta-feira (13).

Corrente do bem

Após a história de Arno viralizar na internet, ajudas surgiram de diversos cantos do Brasil. Uma delas, uma vaquinha online, resultou na conquista de um lugar para Arno morar.

A arrecadação foi promovida pelas páginas Razões para Acreditar e Bate-Papo Sustentável, esta última administrada por Ellen Fernanda, de Recife. A meta era conseguir R$ 11.300. A campanha encerrou com R$ 11.450.

Não foi só um teto para morar que Arno ganhou. A dentista Deyse Danielle Sebold deu um novo sorriso ao homem. Ele perdeu alguns dentes ao longo dos anos e se sentia envergonhado por conta disso.

Deyse soube do problema através da amiga Naíme Maba, pedagoga que, ao saber da história de Arno pela página de Ellen, decidiu orientá-lo diante das oportunidades que foram surgindo.

Além disso, o morador teve dificuldades ao fazer a prova devido a problemas de visão. Por isso recebeu tratamento oftalmológico e óculos.

A história de Arno

Nascido em Curitibanos, no Sul do estado, Arno chegou a Blumenau com cinco anos.

Casou-se, teve dois filhos e um relacionamento de dez anos. Sempre trabalhou como auxiliar de expedição em indústrias, mas a crise econômica o fez ser demitido em 2015.

Tentou novos empregos, mas sem sucesso. Apesar da família morar pela região, Arno preferiu as ruas a ter de depender dela.

Desde 2015  permanece no mesmo lugar: a esquina da rua São Paulo com a Paraíba, no bairro Victor Konder.

Diante das sinaleiras que coordenam o trânsito das duas ruas, pede dinheiro aos motoristas.

Ele concluiu os estudos entre 2017 e 2018 através do Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos (Encceja), incentivado por assistentes sociais que perceberam seu potencial.

Neste ano, decidiu ocupar a mente com a preparação para o Enem. O objetivo era tirar uma boa nota e buscar uma bolsa de estudo para cursar Direito.

Geral